OLD SCHOOL BDSM

Quando trouxe de volta meu perfil BDSM em 2017, o último tinha sido no velho ORKUT, a primeira coisa que notei foi a quase completa ausência daquela comunidade enorme de Dominadores,  Domes, SW, submissos, com perfis BDSM, eles possuem perfis baunilhas, mas preferem ficar bem longe do BDSM atual.

Conforme fui  ampliando os amigos, grupos e reaproximando de velhos amigos comecei a ouvir esse tipo de comentários a minha pessoa como da minha lindissima e charmosa amiga.

OLD SCHOOL...BONS TEMPOS!...SAUDAÇÕES SAUDOSAS, NOBRE AMIGO. BELÍSSIMO TEXTO. ABS,   #FEMEA#

Ou do tipo,,, Olá gostaria de conversar com você sobre umas coisas, porque tal pessoa falou que você é dos antigos!!!!

 

Old School ??? Dos antigos ???? 

 

Passei e analisar melhor e notei que eu, como a maioria dos praticantes "antigos",  realmente temos uma visão do BDSM muito diferente do praticantes atuais.

Somos mais frios, menos POLITICAMENTE CORRETOS, uma época que o botton tinha poucos direitos e não limitava seu prazer e experiências, e o Top mandava e desmandava, e o  interessante, raramente tinhamos algum problema com os bottons.

Mas era uma geração que cresceu matando passarinho, chutando cachorros e dando paulada em gatos, que praticavam e recebiam bullying normalmente.

Uma geração que não sabia quase nada sobre praticas e BDSM, o que deu a liberdade de cada praticante seguir a direção que mais lhe dava prazer, onde o botton se encaixava ao Top e vice versa, sem nenhuma pressão, cobrança ou regra.

Antigamente o BDSM era vivido exclusivamente em comunhão de praticantes, envolvendo muito a vida baunilha dos participantes dessa comunidade, e para isso era preciso provar quem você era, seu pensamento, sua visão, para depois expor o que pensava.

Fomos presenteados pela indisponibilidades  de informações, pela dificuldade de comunicação, pois nos possibilitou presenciar e conviver com uma infinidade de condutas, de Ds, de certo e certo e certo, tudo era certo, cada um tinha seu BDSM e o BDSM era de todos, simples e prático. Fomos obrigados a praticar em grupo para aprender. 

Percebi também que temos uma visão do BDSM considerada abusiva hoje, somos muitas vezes chamados até de radicais, quase como os Avós que dizem que pra educar as crianças tem que descer a mão.... Muitas pessoas que realmente fizeram o BDSM brasileiro, são quase que evitado em comentários, discussão e referências de BDSM, pessoas que chegaram a ser presas em nome da liberdade para o BDSM.

 

Mas uma nova conduta venho presenciando sobre o BDSM atualmente, coisas do tipo não fale alto com a botton, porque isso é abusivo kkk, e a quantidade de visões baseadas em experiências pessoais e que geralmente são inexpressíveis para uma explanação verdadeira da conduta BDSM, quase a totalidade dos praticantes atuais nunca participaram de uma Play,  nunca conviveram pessoalmente com outros praticantes, casais, duplas, 24/7, sádicos , masoquistas, casais com filhos e por ai vai. Pessoas que sempre foram inexpressivas no meio BDDSM , tecem longos textos sobre regras, belezas, conduta, e por ai vai, como praticantes de longa data e experiência.

 

Concluindo um praticante "antigo" ( meio ridículo esse termo, geralmente é um antigo que chama o outro assim, porque participaram das mesmas experiências, masssss), continuando  um antigo nunca diz assim -  Na minha visão......... preferimos sempre dizer assim, Pelo o que já ví, eu não tenho uma opinião pessoal sobre isso, porque toda opinião que eu poderia dar, já foi contrariada pela prática real.

 

É muito interessante, engraçado ver nos grupos, redes, sites, pessoas dizendo com a boca cheia, Isso é assim, isso é assado, isso é errado... sabe porquê?  Porque a experiência já mostrou que quase tudo que leio sobre BDSM atualmente, já presenciei algo que desmantela tudo que aquela pessoa pregou...

 

Discutir BDSM e estudar BDSM virou uma espécie de fetiche, quantos Dr BDSM e Icones formadores de opnião existem atualmente afe, mas segue um conselho.

 

Leia tudo e não acredite em nada, porque quase tudo que você ler tem algo de mentira.

 

Para a Old School;

 

Uma submissa que coloca condições do tipo não quero isso, não quero aquilo, eu não aceito ser emprestada, etc, não é uma submissa, é só uma pessoa baunilha que gosta de brincar de BDSM, não vem atrás de experiências e o simples prazer de servir, procura só um relacionamento mais caliente.

 

Um Dominador que aceita as condições acima, não é um Dominador tambem, é só mais um fetichista, que brinca de dominar a submissa descrita  acima.

 

Resumindo : Old School, são aqueles que aprenderam BDSM nas mesas de munchs, bem longe da internet que aliais não possuia quase nada sobre bdsm na época. Somos, práticos, simples e diretos.

MESTRE YoY.